sexta-feira, 14 de maio de 2010

Martin Luther King Jr


Martin Luther King Jr
Um Homem Chamado Pastor

I

Vento parceiro da liberdade,
sei que te lembras até de mais
dum Pastor Profeta de verdade,
amigo da Justiça e da Paz

Pastor americano libertário
que no ardor da fé, da paixão
sem tá nem aí para salário
foi pra rua defender irmão

Tempos do eterno mau caratismo,
cem anos após a abolição
imperava o segregacionismo
sob as bençãos da constituição

O segregacionismo era uma peste,
negro nem podia direito andar
da costa leste a costa oeste,
de Miami à fronteira com o Canadá

Negro estampava em sua face
o horror e a indignação
do cidadão de segunda classe
num país que exporta religião

Pra se ter uma idéia, ora veja
do quanto o racismo era geral,
pasme! Até mesmo nas igrejas
o Segregacionismo era banal

Negros sofriam desrespeitos
no ônibus, colégio, hospital
e o cúmulo do preconceito:
Sem direito ao voto universal

Branca de tanta imoralidade
certa casa símbolo da opressão
dava plena institucionalidade
a esse regime de separação

Nesse tempo só mesmo atabaques,
irmãos das inquietudes sociais,
protestavam contra os ataques
das leis racistas, imorais

Os negros, na verdade das verdades
só viam seus direitos serem iguais
nos momentos da pura irmandade
nos terreiros dos seus ancestrais



Jetro Fagundes
Farinheiro Marajoara

5 comentários:

costa disse...

parabens poeta!
se eu usace chapeu
o tiraria p/voce!
bom trabalho,
siga em frente
com a juda de
Deus!!!

Anônimo disse...

Quem sou eu pra irrigar tamanho jardim feito em palavras. São teus elos de ligação com o mais nobre dom que lhe coube. Parabéns poeta.

Raquel disse...

parabéns primo poeta.seus poemas
vão além das palavras,pois conseguem tocar a alma...
beijos!

roseni disse...

Abençoado seja este homem
que recebeu uma grande luz
de escrever doces poemaspara
o nosso Senhor Jesus.
Seu nome é Jetro um amigo fiel
que nos agracia com palavras doces
mais doce que favo de mel.

leni fagundes disse...

I have a dream. Peace be with us always! The Holy Spirit of God to make us love one another as He loved us!