terça-feira, 23 de agosto de 2011

BAGRE, Paraíso Marajoara




BAGRE
Paraíso Marajoara

BAGRE do balneário, Praia da Costa
cidade dum povo humilde, acolhedor
desses que a gente ama e gosta
nas relações do fraternal calor

Lá pros rumos da baia das Araras
no rio Pará, onde a vida é navegar
fica Bagre dos Paraenses Marajoaras
linda, pacata. Que beleza de lugar!

Bagre lembra um paraíso verdadeiro
Floresta Densa da planície aluvial,
com presença maciça de Açaizeiros
lindo, formidável Patrimônio Natural

Formidável é o seu povo admirável
que busca sobreviver sem devastação
fazendo bom uso do recurso renovável
da floresta que clama por conservação

Cidade linda que tem como princípio
valorizar o que Deus lhe deixou aqui
em setembro mobiliza todo município
nas Festividades Marajoara do Açaí

Bagre nos seus dias de festividades
vive pura mobilização e empolgação
onde a riqueza natural dessa cidade
fica aberta em barracas de exposição

Muitos objetos indígenas, artefatos
utilizados largamente pela população
se misturam com variados artesanatos
feitos à partir de fibra de vegetação

Peças como Tipitís, Matapís, Paneiros
vão conservando as raízes, tradições
de artistas marajoaras, verdadeiros
desafiadores resistentes às gerações

E nas Festividades do Açai bagrense
você também pode ver a apresentação
da nossa cozinha Marajoara-Paraense
pratos à base de açaí, peixe, camarão

Esta cidade dos tempos da Cabanagem
nesses dias de festividade popular
tem concursos, futebol e canoagem
e Miss Açaí sempre linda a desfilar

Além de festival culinário-artístico
Bagre faz aquela questão de apresentar
o valor do caboclo pro olhar turístico
que encantado promete um dia voltar

Promete voltar e rever outro cenário
tão lindo quanto o Festival de Açaí
a Praia da Costa, popular balneário
com muitíssimo Verde em torno de si

Praia da Costa tu te livras do stress
nas águas companheiras do sol e luar
e é claro, evidentemente se esquece
da vida em cada inesquecível mergulhar

A Praia e outros lugares da redondeza
presentes da Natureza a esse lugar
são Paraísos constituidos de belezas
que só mesmo no Marajó você pode achar

Jetro Fagundes
Farinheiro Marajoara

3 comentários:

Reviragita Poesia disse...

Dê risadas,
que a felicidade,
fica grudada!
Injete amor em sua vida,
com Paz e Poesia.

Cecília Fidelli.

Anônimo disse...

eita!minha mae, sua tia meu primo! amacava acai assim,Como era gostoso!rs

♥ Julyana ♥ disse...

Lindooo !!!