quinta-feira, 11 de julho de 2013

Dos Encantos Marajoaras





Dos Encantos Marajoaras 


E são nas dificuldades infindas

constantes do campo ao igapó
que se revelam Amazonas lindas
como as Guerreiras do Marajó

Se as dificuldades vão surgindo

na vida, nas canoas, nos rios
elas superam tudo sorrindo
nos mais brilhantes desafios

É claro que em todos os cantos

a gente acha guerreiras belas
mas bem raras mostram encantos
diante das lutas, das panelas

E as guerreiras das mais bonitas

que enfrentam diversas situações
por não se revelarem aflitas
inspiram versos, prosas, canções

Canções que embalam os Ventos

Marajoaras, pros rumos de cá
pra quem esbanja encantamentos
em Vila Valéria, Rio Atuá, Muaná

Jetro Fagundes

Ananin, Cidade do Pará
Julho de 2013
A foto é de Eliseu Pereira

Jamais se desespere em meio 

as sombrias aflições de sua vida, 
pois das nuvens mais negras 
ai água límpida e fecunda.


vila Valeria Rio Atuá. — em Muaná-Marajó-Pará.

2 comentários:

Malu Silva disse...

Costumo sempre dizer que na maioria das vezes reclamamos e estamos insatisfeitos, mas esquecemos das condições duras de VIDA de muita gente... Um belo descrever poético... Abraços

Jetro Fagundes disse...

Obrigado, Malu, pelo comentário carinhoso. Esta é uma realidade
na região do Marajó, lugar
historicamente abandonado pelo
poder público, coisa que não
tira o encanto do povo do lugar