sábado, 10 de setembro de 2011

ANANINDEUA da Flor de Ananin





ANANINDEUA
da Flor de Ananin

Filha das resinas e dos Poemas
de cada Flor desse natural jardim
duma Árvore de enorme sapopema
que nativos batizaram de Ananin

Cidade da Industrial Estrada
Mocajatuba, Zacarias de Assunção
é onde sol e lua fazem morada
dando mais beleza a esse chão

Amiga dos trilhos Belém-Bragança
O rio Maguari vive dizendo assim
"Conserves as Raízes da Esperança
das tuas Sementinhas de Ananin"

Porta de entrada dos belemenses
Ananindeua, um recanto acolhedor
das cidades é a mais paraense
por ter tanta gente do Interior

Ananin da Providência, Moça Bonita
linda Cidade Nova, Una, rua do Fio
Bom Sossego, Quinta das Carmitas
do Quarenta Horas beira do rio

Em todo lugar tem companheirada,
gente que combate, e pra valer
tantas estruturas ultrapassadas
que vivem se revezando no poder

Ananin dos Campos das Conquistas
tem gente sem medo de ser feliz
sonhadores guerreiros, ativistas
Beto, João Amorim, Luíz Muníz...

Na Paulo Maranhão via passarela
nos encantamos com Sonia Baltazar
que cria e pinta lindas telas
com o carisma de Artista Popular

Cidade de uma gente bem seleta
um pessoal que prefere discrição
sonhadores, voluntários, poetas
gente de paz que faz por paixão

Pessoal que de alma divina pura
realiza trabalho transformador
e sem um centavo de prefeituras,
de coronel, qualquer vereador

Gente que tá nem aí pro dinheiro
como o companheiro Natan, irmão
prestativo, solidário, caminheiro
socialista na dialética e na ação

Ananin das autênticas boas vindas
nas ocupações do Distrito, Guajará,
Guanabara, Atalaia, Águas Lindas
Marighella, Águas Brancas, Aurá

Aqui as Ilhas vivem Curuçambando
tem Quilombola meu lindo Abacatal
Ivan Caripi que sai carimbolando
no ritmo do Grande Mestre Juvenal

Cidade em que o povão todo dia
noite, tarde ou horário matinal
vive arriscando a vida na rodovia
BR, estrada da impunidade federal

Mas nada disso tira o encanto
da beleza na clareza da vocação
de Ananin em que cada recanto
foi projetada por sua população

População que no Sangue Cabano
diante das injustiças sociais
ocupou os latifúndios urbanos
das várias oligarquias locais

Aqui a necessária reforma urbana
se foi fazendo com naturais ações
a partir das carências humanas
dando origem a várias ocupações

E o Sol que brilha alegremente
vive aplaudindo o povão daqui
que luta e resiste bravamente
pelo Jarderlândia, PAAR, Icuí

Linda Ananindeua hospitaleira
um marajoara vive a testemunhar
numa certa bicicleta farinheira
as bondades do povo desse lugar

Ah, e aqui nós temos a garantia
de futuro em cada tom, som, dom
nas poesias de Beatriz, menina Bia
Gustavo, Paulo Sérgio, Professor Leon...

Ananin de tantos natos artistas
gente da mais perfeita comunhão
como Zé Paulo, um irmão Batista
do Zé Mendes, sumano do Maranhão

Zé Paulo Mendes Artista Camarada
do trabalho de base sensacional
com meninos, meninas, Criançada
do Riacho-Vila-Floresta-Pantanal

Ananin dos mais doces aconchegos
que tanto nos enchem de emoção
bonito é caminhar na Bom Sossego
vendo o Tapete do Campo do União

Cidade querida onde sou abençoado
nas dádivas que Deus reservou a mim
principalmente num olhar encantado
de Sonia a minha Flor de Ananin


Jetro Fagundes
Farinheiro Marajoara

Um comentário:

GEUZA MARIAH disse...

MARAVILHOSO AMEI... VAI SER MINHA PROXIMA VIAGEM,PARABENS.